O Rio da catarse

Acabei de ver cinco jornalistas, companheiros de trabalho, aos pulos com a vitória da Itália sobre a Alemanha. Sim, a mesma Itália que derrotamos em 1994 e em 1970 que nos tirou da Copa em 1982.

É a catarse do coito interrompido, da volta para casa sob vaias, das manchetes mundo afora afirmando que o futebol brasileiro não passa de um cartaz manchado de Beto Carreiro ou do “joga bonito” estampado em Berlim, Xangai ou Sidney.

O Rio também é assim. A beleza contamina, mas é entrecortada por tiros, sujeira, violência, desrespeito. E haja samba-enredo, FlaxFlu e porre na sarjeta para compensar.

Comments are closed.


Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.