Dois pontos

Não lembro ao certo o dia que apareceu. Sei que vi o letreiro uma manhã dessas, em frente ao ponto onde eu perco uns 10 minutos todo dia, na Rua Arquias Cordeiro (Méier).

Ele estava sobre o portão de ferro de um construção em ruínas que um dia foi uma loja – a decadência do comércio local após a chegada dos shoppings foi assustadora. Hoje, o local parece que funciona como moradia, e de vez em quando vejo alguém saindo dali pela portinha de ferro menor. Não se se já vi ou imaginei, mas tenho a impressão de que atrás da porta tem um terreno vazio (quintal?), com a casa nos fundos.

O tal letreiro – um banner de plástico, com armação de metal em volta – era o seguinte, com letras pretas em fundo branco:

“Jaca’s Balada”, com uma jaca toscamente desenhada entre o “s” e o “B” (é, preciso comprar logo a máquina digital).

E embaixo, menor:

“Próximo evento:”, com um espaço em branco do lado.

Tá lá há uns meses. Tem dias que eu nem reparo mais. Mas, às vezes, eu olho para aquela placa e me bate uma angústia da porra:

Pagode, suruba, funk, encontro gospel, reunião disfarçada de sociedade secreta?

Qual será, meu Deus, o próximo evento?

1 Comment so far

  1. LP (unregistered) on July 7th, 2006 @ 6:11 pm

    Mais uma razão pra gente seguir fotografando os letreiros e sinalizações bizarras da cidade. No fim a gente junta tudo e publica.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.