Falando em troco…

… vale lembrar aos incautos que não há ser que goste menos de troco que o taxista.

Enquanto que nos EUA se instaurou a gorjeta para os profissionais do trânsito, no Rio ela vem pingada na falta do troco. A regra branca é que, se o valor em reais fica abaixo dos 50 centavos, como R$ 10,30, o passageiro pagaria apenas R$ 10.

É claro que isso quase não funciona, e é comum ouvir um muxoxo

Verbete: muxoxo
2. Estalo com a língua e o céu da boca, por vezes acompanhado da interjeição ah, para indicar desprezo ou desdém.

ou tunco, no Nordeste, se o cidadão resolve apelar às moedas para dar o valor certo. Se o valor ultrapassa os 50 centavos, como em R$ 10,75, não tem jeito – vais morrer nos R$ 11.

Mas a vingança secreta foi preparada pela Casa da Moeda: em breve as notas de R$ 1 saem de circulação e ficam apenas as moedas. Será o fim do dinheiro preso no pára-sol?

4 Comments so far

  1. letícia (unregistered) on July 20th, 2006 @ 3:28 pm

    as notas de 1 real vão sair de circulação, é?
    que bom!

    só pego nota velha, rasgada, caindo aos pedaços.


  2. maíra (unregistered) on July 20th, 2006 @ 3:40 pm

    caramba, com isso eu tô frita. tenho um pacto que me reserva o uso das notas de dois.
    agora qualquer coisinha e pimba, adeus cinco real.


  3. Nuno Virgílio (unregistered) on July 20th, 2006 @ 3:40 pm

    Os dois lugares mais infectados do mundo são o lixo hospitalar e a nota de R$ 1.


  4. LP (unregistered) on July 20th, 2006 @ 8:24 pm

    Do jeito que a coisa vai daqui a pouco eles lançam a nota de menos 1 real. Depois a de menos 5 reais, menos 10, menos 20 e menos 50 reais. Dependendo da porcaria e do serviço mal-feito que o cabra receber ele tasca uma nota de menos tantos reais pro féla da puta se fuder. Flanelinha, por exemplo, é batata: nota de menos 10.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.