Fofo

Depois do corriqueiro “piloto” e do sensacional “cocheiro” (registrado por Nuno em suas andanças), ouvi ontem um vendedor de torrones descer do ônibus se despedindo do motorista com um “brigado, amado”.

É a primavera se anunciando!

4 Comments so far

  1. Nuno Virgílio (unregistered) on July 20th, 2006 @ 1:44 pm

    No Rio, chamar o motorista do ônibus de “amado” é uma clara manifestação da Síndrome de Estocolmo.


  2. Leo Lichote (unregistered) on July 20th, 2006 @ 1:51 pm

    Diagnóstico perfeito!


  3. letícia (unregistered) on July 20th, 2006 @ 2:27 pm

    meu avô falava isso lá em pernambuco.

    “brigado, amado”
    “brigado, amada”


  4. Leo Lichote (unregistered) on July 20th, 2006 @ 2:33 pm

    Legal, Letícia.

    Estocolmos à parte, achei bonito o “amado”. Uma variação mais terna e menos batida do (charmoso e cafona) “querido”.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.