O que choca e constrange os cariocas?

clicavel.jpg
Durante o mês de julho fiquei uns dias fora do Brasil e assim que voltei tomei conhecimento sobre a polêmica do tal depoimento sobre masturbação na novela Páginas da Vida, onde uma senhoura carioca de sessenta e tantos conta sobre a noite em que teve seu primeiro orgasmo – tendo escutado um disco de Roberto Carlos e acordado de madrugada “toda babada”. O espaço na imprensa era enorme e todos os meus amigos comentavam o assunto. Na segunda-feira da semana passada fiquei boquiaberto ao ler na capa do O Globo sobre o roubo de 4 bilhões (!!!) de reais supostamente ocorrido na Alerj. Não escutei nenhum comentário à respeito, nem no trabalho, nem nas ruas, nem unzinho. Hoje – uma semana depois – vejo na capa do mesmo jornal uma das cenas mais feias dos últimos meses: o bebê todo estrupiado no Líbano, ainda vivo depois do ataque que matou um monte de crianças. O dia já tá na segunda metade e também ainda não ouvi nenhum comentário, ninguém ficou espantado ou constrangido. Complicado viver numa cidade e num país onde sexo choca e constrange; e roubo de dinheiro público e violência nem tanto.

1 Comment so far

  1. letícia (unregistered) on July 31st, 2006 @ 7:05 pm

    cid, hj quando acordei não consegui comer meu pão de café da manhã. a foto do bebê na capa do globo não me deixou.

    quanto à polêmica da novela, dá pena.
    certamente se fosse um homem contando que “bateu umazinha pra rita cadillac quando tinha blá anos”, todos dariam muita gargalhada e diriam: “homem é fogo, né, hahahaha”

    me constrange.
    o roubo, a guerra, a novela.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.