Da série brincadeiras cariocas: Papai-mamãe in Rio

Vamos brincar de amor aflito?

Objetivo: descobrir onde fica o Centro Espírita da Rua Sá Viana, ao pé do morro, no Grajaú
Jogadores: no mínimo dois. Um aflito e outro curioso sobressalente
Tabuleiro: um com farofa amarela e galinha preta
Componentes: olhos por todos os lados, roupa branca e fé na tábua
Onde brincar: Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Reserva Florestal do Grajaú, Praça Malvino Reis
Regras do jogo:
– Apenas transeuntes são fonte de informação. Dê preferência a mulheres.
– Atenção na abordagem – colares de miçanga sobrepostos são a última moda da Globo. Aliás, “o branco é o novo preto” já faz aniversário no mundo fashion.
– Peça licença ao passar por todas as portas com bandeiras, palha ou imagens de Cristo.
– Você tem um problema de olho grande. Ouviu? Você tem.
– Carrancas são poderosas e não estão apontando os dentes afiados para o seu pescoço.
– Aquele anel de diamantes de quatro quilates, há gerações na sua família, é o motivo de todos os seus problemas. Despache aqui.
– Chore.
– Seja mulher. Sendo homem, seja mulher também.
– Tontura não é mal-estar – é espiritualidade.
– Não deseje o mal de ninguém. É mais caro.

O vencedor ganha um passe para o amor em três dias. A vencedora leva duas pernas-de-calça e um coração de boi para decorar a esquina de sua escolha.

Boa sorte!

Comments are closed.


Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.