Passagem

passagem.jpg

Não é apenas no cinema que dois locais completamente distintos são marcados por uma passagem mágica.
Ao lado vemos a passagem entre os dois túneis do Rebouças, que ligam a Zona Sul à Zona Norte – que pouco se comunicam além do trajeto automobilístico.

São dois espaços distintos. Duas formas de enxergar e viver o Rio de Janeiro, que continuam partidos pela imprensa, pelas novelas, pelas falas de quem mora de um lado e do outro.

Natural seria se apenas estivessem separadas pela proximidade da praia. Mas é nesse espaço entre os dois túneis que o viajante se prepara para encarar uma ou outra realidade ao sair na extremidade alheia, com seus preconceitos, esperanças e, principalmente, certezas.

Bendito seja o Google Earth, que oferece vista singulares do Rio de Janeiro, talvez uma das cidades em que a geografia mais dita o comportamento do cidadão, como a cicatriz que faz não esquecer.

2 Comments so far

  1. letícia (unregistered) on August 16th, 2006 @ 1:46 am

    só deus sabe quantas vezes já passei por aí.
    de dia, apressada. de noite, semi bebinha.
    o mais foda é no pôr-do-sol. saindo do rebouças (em direção à zn) o sol cai ali que é uma beleza.
    vale contar tb que nesse viaduto, a reta é tão reta, que uma vez, confesso, coloquei 180km/h no carro de papai, com meu irmão mais velho do lado.

    memories… oh…


  2. LP (unregistered) on August 19th, 2006 @ 3:50 pm

    Ah, muleeeeeeeque!!! :)



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.