Humaitá no mapa

Desde que me mudei para Humaitá, vivo um problema de “estar no mundo”. Muitos amigos de fora me perguntam onde moro ou pedem o endereço e quando respondo, não raras vezes, escuto de volta um “Umai que?”. Caras e tons de “que diabo é isso”. É impressionante como até visitantes assíduos da cidade maravilhosa desconhecem esse bairro, ou melhor, passam por ele, mas nem sabem que ali há um nome próprio. Para provar essa existência, você tem que dar a referência da Cobal, do extinto Ballroom, do Corpo de Bombeiros e até do cachorro quente do Oliveira. A coisa, então, começa a clarear. Principalmente se o interlocutor se trata de um noctívago incorrigível e gosta de zanzar madrugada a dentro pela capital carioca. A probabilidade de ter tomado uma no Boteco Taco, em Humaitá, é grande. Até porque, depois de certa hora, só ele está aberto. E como moro exatamente na rua que é quase esquina com o dito cujo, estou salva. Minha casa aparece no mapa e passo a fazer parte da geografia da cidade. Ufa.

View image

5 Comments so far

  1. Gleidson (unregistered) on February 13th, 2007 @ 12:50 pm

    Eu gosto de Humaitá, tá!!!


  2. LP (unregistered) on February 13th, 2007 @ 3:49 pm

    Viúva Lacerda? Meu antigo ateliê era ali.


  3. letícia (unregistered) on February 13th, 2007 @ 7:22 pm

    humaitá é uma árvore, né?

    oliveira é caro pra caraleo.
    aqui na tijuca o podrão é 2,50. o dele: 5 REAIS!!!
    sou mais o fornalha. mais justo.

    boteco taco tem jukebox, maravilha da madrugada…


  4. Juliana (unregistered) on February 14th, 2007 @ 4:36 pm

    Humai que????????


  5. arminda (unregistered) on February 23rd, 2007 @ 4:08 pm

    irei brevemente à “cidade maravilhosa”—- terei q flanar p Humaitá….



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.