Não odeio carnaval, apenas to deixando passar. Saca?

Acordei há uns 40 minutos atrás com a cabeça naquela lentidão,
típica dos slow motions de flashbacks de filmes e ou novelas.
Levantei toscamente, dei um gole num copo com água e vim pro computador.
Peguei meu sonzinho e pus Massive Attack. Ótimo para acordar lentamente e
para vir aqui tentar escrever sobre algo bacana (ou não).
Então, foliões blogueiros, meu carnaval ainda não começou. Se começou,
eu perdi o bonde porque ainda não aderi ao espírito Carnavalesco. Não sou
do tipo que diz “Odeio Carnaval” ou aquele papo imbecil “odeio gente feia e
suada tocando música ruim” isso é muito “pseudo europeu nazi mal amado do Leblon”.
Mas, enfim, eu geralmente tiro esses dias para curtir a solidão da minha casa, jogar os
jogos de video game mais bizarros (ainda nao fiz isso) , tentar fazer
música no computador ou na guitarra mesmo, ver mais pornografias que o
normal. Nos anos anteriores, eu até fui ha blocos e achei divertido. Mas em
2007, eu fiquei muito relaxado para saber horários das folias “bloqueiras” e to
deixando passar. Eu saí na sexta e ontem. Fui pra festinhas de roqueiros
na Pista 3 e na Casa da Matriz, respectivamente. Foi legal e tal, mas só.
Voltei bêbado as duas noites e de metrô, o que é uma benção. Quanto mais se está bÊbado,
mais rápido o metrô chega ao ponto que você vai descer. Impressionante!!!
Confesso que estou sem inspiração nesse carnaval e nesse post mas agora é
hora de comer minha lasanha da Perdigão. Espero que vocês estejam felizes e ou
bêbados agora. Usem camisinha e nao dirijam bêbados.

beijo no curpo

Comments are closed.


Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.