BBBush

Enquanto São Paulo pára, literalmente, por conta da passagem de Bush, o Rio de Janeiro (e acredito que boa parte do país) discute sobre outros “brothers”. No trabalho, no restaurante, na academia, no salão, na banca de jornal, na portaria do prédio, em todos os lugares por onde andei hoje, o grande drama do dia não era americano, era Alemão. Não se falava em outra coisa. Tudo porque ele e o Cowboy brasileiro continuam confinados numa gaiola disputando resistência para ganhar a prova do líder. BBBullshit. Salve a música do Tom Zé!

Companheiro Bush
(Tom Zé)

Se Você Já Sabe Quem
Vendeu Aquela Bomba Pro Iraque,
Desembuche.
Eu Desconfio Que Foi O Bush.

Foi O Bush,
Foi O Bush.
Foi O Bush.

Onde Haverá Recurso
Para Dar Um Bom Repuxo
No Companheiro Bush.
Quem Arranja Um Alicate
Que Acerte Aquela Fase
Ou Corrija Aquele Fuso,

Talvez Um Parafuso
Que Ta Faltando Nele
Melhore Aquele Abuso.
Um Chip Que Desligue
Aquele Terremoto,
Aquela Coqueluche.

Se Você Já Sabe etc.

3 Comments so far

  1. Carlinha (unregistered) on March 9th, 2007 @ 4:21 pm

    Bom demaissss!!


  2. letícia (unregistered) on March 9th, 2007 @ 4:53 pm

    que engraçado… onde quer que eu vá, tudo agora é “bush, bush, bush”.
    ou então criei um bloqueio com o termo: “big brother”. é como se fosse russo. não entendo, nem presto atenção.

    crie um bloqueio vc tb, ilka!
    (:

    já fui num show do tom zé no sesc de copacabana e fiquei PASSADA com o véio. gênio. GÊNIO.


  3. Juliana Moreira (unregistered) on March 12th, 2007 @ 11:50 pm

    BBBosta! BBBaboseira! BBBem que eu assisto também e tou torcendo pelo Alemão!!!! Socorro, me internem!



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.