Permanecer calado é cooperar com o opressor

Ivan Cardoso disse: “Incorpore a revolta”

O revoltado da semana que não agüentou ficar calado e foi lá e FEZ ALGO é o motorista de táxi Ercílio Felisberto. Ercílio presenciou, na madruga de domingo, o atropelamento da jovem Carolina Zaczac. Ela saía daquela boate Baronetti (onde, cá entre nós, está sempre associada a coisa ruim, puta que pariu), e ia seguir a pé para a casa da amiga onde iria dormir, quando o carro de Luiz Eduardo Zacharias Leitão Carvalho entrou com alta velocidade na rua Maria Quitéria. O imbecil-fora-desse-mundo, fugiu. E aí então, nosso “herói” da semana, o taxista Ercílio Felisberto, iniciou uma perseguição que só foi acabar no prédio do idiota, na rua Rainha Elizabeth. Carolina está internada na CTI, ela teve os 2 pulmões perfurados, um corte profundo na perna e fraturas múltiplas no rosto. O pai do motorista fugitivo foi ao hospital e disse que o filho estava muito transtornado e que iria se entregar. Graças ao motorista do táxi, ele será “obrigado” a se entregar, se não seria apenas mais um ser humano com a cabeça fudida e tomando remédios para dormir. Lamentável. Me questiono como conseguiu atropelar e ir embora. Assim, simples assim. Um forte abraço para o Ercílio, que a guria se recupere e que abril acabe. O mais cruel dos meses.

8 Comments so far

  1. Cesar Cardoso (unregistered) on April 23rd, 2007 @ 11:24 pm

    E assim vai nosso trânsito, sempre matando às toneladas…


  2. Gleidson (unregistered) on April 24th, 2007 @ 10:25 am

    É muito fácil, Letícia. Não deve ter coração… só dinheiro…

    Acho que todo mundo deveria seguir o exemplo desse taxista.


  3. lucas (unregistered) on April 24th, 2007 @ 1:55 pm

    mais importante do que se entregar depois, era prestar socorro na hora. as pessoas cometem erros, todos estamos expostos a isso. mas ao fugir ele demonstrou que não estava preocupado com a conseqüência de seus atos nas outras pessoas, apenas em seu próprio bem estar. preferiu o risco da morte de outra pessoa, ao risco de pagar por seu erro. é uma história que infelizmente se repete com freqüencia no nosso Rio de Janeiro.
    a atitude do taxista é louvável, só espero que a justiça também faça sua parte. e espero ver o dia em que não seja preciso que civis persigam criminosos.


  4. Dani (unregistered) on April 24th, 2007 @ 2:45 pm

    Nos tempo de hoje, onde tudo parece estar sem jeito de melhorar.. é muito bom ter exemplos como o desse taxista.
    Parabéns Ercílio Felisberto.


  5. Ju (unregistered) on April 24th, 2007 @ 3:01 pm

    Sua revolta é a de todos nós, Letícia. Que a justiça justa (a que pune quem atropela e foge como um bandido) seja feita.


  6. LP (unregistered) on April 24th, 2007 @ 4:08 pm

    mas o que se pode exigir, sem hipocrisia, de um playboyzinho ou de um pivete qualquer, em termos de comportamento ético ou obediência à lei, considerando que somos, do presidente da república ao líder comunitário, do juiz federal ao advogado de porta de cadeia, do ministro da justiça ao PM da rua, do presidente de banco ao contrabandista barato, nada mais do que um contingente quase infinito de bandidos, enganadores, corruptos, cínicos e irresponsáveis?


  7. J. Menezes (unregistered) on April 27th, 2007 @ 3:40 am

    Sim Leticia, eu concordo plenamente. Permanecer parado é cooperar com o rolo compressor.


  8. Marcelo de Souza de Andrade (unregistered) on April 28th, 2007 @ 7:03 pm

    É triste ver que sempre haverá impunidade no trânsito e neste interim os transiuntes terão que correr atras do prejuizo.
    ônibus, kombis, taxistas, motoqueiros e até os ciclistas não respeitam os pedestres na própria faixa de pedestres. muitos avançam o sinal para chegar em um determinado lugar e ficar ocioso. Vejo que são poucos os que tem discernimento para ajudar.
    Educação nota “0”.
    Devemos aproveitar todas as ferramentas que temos para punir aqueles que acham que podem fazer qualquer coisa e ficar nisso mesmo.
    Não devemos ficar como crianças e bricar de estátua, devos agir com responsabilidade e sempre que puder com a ajuda de amigos.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.