Malucos

Pin, pin, pin, pon… uóóóóóuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmm… erro du computador, erro du computador, erro du computador, erro du computador, erro di capacidade mental, erro di capacidade mental, erro du capacitor, erro du capacitor, erro da escolacidade, erro da escolacidade… pin, pin, pin, pon… uóóóóóuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmm… erro du computador, erro du computador, erro du computador, erro du computador, erro di capacidade mental, erro di capacidade mental, erro du capacitor, erro du capacitor, erro da escolacidade, erro da escolacidade… pin, pin, pin, pon… uóóóóóuuuuuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmm…

Quinta-feira, 19:30h, em frente à padaria “Pane & Dolce” no comecinho da São Clemente, um maluco-beleza com uns quarenta anos presumíveis, baixo, magricelo, barbudo, calça larga cinza asfalto, sem camisa, visual hindu, com sotaque nordestino, comportamento meio frenético, repetia esse mantra ritmadamente, com uma melodia à La Tom Zé, só que melhor que Tom Zé, porque tinha um pouco menos de sotaque, não estava querendo fazer arte, não queria parecer estranho ou exótico, era mais autêntico, não queria mudar o mundo ou revolucionar nenhuma linguagem poética-musical.

1 Comment so far

  1. Cesar Cardoso (unregistered) on May 17th, 2007 @ 10:42 pm

    Tudo a ver… aquele início da São Clemente tem um quê de bizarro mesmo…



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.