Quero ver Irene dar sua risada

Foi isso o que eu disse à ela. Aquela morena de cílios longos que estava ali, agora há pouco, próxima à nossa mesa no BG. Ela atendeu meu pedido e deu a sua risada. Me disse o que fazia — e não pude compreender — e quando tentei contar que torcia pelo Vasco, que tinha dois filhos, a pescaria na Urca, etc e tal… naquele momento alguma coisa falou mais alto e eu me calei. Muitas pessoas ali em volta… Irene era espetacular! Eu também disse isso a ela. E ela deu de novo a sua risada. Voltei pra casa e no banco traseiro da Van pensei no que disse Vinicius: são demais os perigos dessa vida pra quem tem paixão… Principalmente quando uma lua chega de repente e se deixa no céu, como esquecida. E se ao luar, que atua desvairado, vem se unir uma música qualquer aí então é preciso ter cuidado, porque deve andar perto uma mulher.

1 Comment so far

  1. Irene (unregistered) on June 29th, 2007 @ 2:19 am

    ah menezes, seu avoado! eu te falei que era balconista da celeste modas! você não escutou? É o alcool! hi-hi-hi! aquela noite foi muito agradável… aparece lá na loja qualquer dia desses. ;)



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.