Archive for August, 2007

E tome bala

Essa semana uma amiga e vizinha que mora numa pacata rua do Humaitá, com ares interioranos, teve sua casa atingida por uma bala perdida. O buraco na parede e a pergunta no ar: será que veio do Dona Marta? Pouco importa se o tiro quase foi na sua cabeça.

Aí lembrei, essa semana também completa um ano que, numa festa de aniversário de outra amiga, na laje de Santa Teresa, assistimos a uma saraivada de balas de AR-15. Luzinhas vermelhas voando de um lado para o outro. Um espetáculo até bonito, se desconhecessemos o fato de que aquilo era tiro e iria estacionar em algum lugar.

O que isso tem de novidade aqui no Rio? Nada. Fatos assim já até viraram paisagem no jornal. Mas quando sentimos o furo muito perto da gente, a notícia parece palpável e assustadoramente real.

O TV Pirata já escrachava com essa situação do Rio ainda nos anos 80.

“goze a fantasia de se sentir embalado pelo mundo” – Raduan Nassar

S4010026.jpg

Em foco [2]

oi.jpg

E se você achou legal a idéia de ver a exposição de fotos — post abaixo — e depois dar uma dançadinha folclórica sob a rotunda, talvez você goste da idéia de, mantendo o foco, dar uma passada ali no Oi Futuro e ver a exposição Dança em Foco – Festival Internacional de Videodança. São 486 horas de videos provenientes de mais de 30 países. O Oi Futuro fica na Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Mas atenção: é só até o dia 2 de setembro!

Em foco [1]

real.jpg

“Art is the only way to run away without leaving home.” Twila Tharp

Ninguém pode deixar de ir. É a exposição BRASILDESFOCOS que traz cerca de 100 fotografias de artistas gringos contemporâneos. Todos fodas. É o resultado de um olhar crítico-pervertido-delirante-criativo-etc sobre aquilo que temos por aqui, em nossa terra. Gabriel Orozco, Matthew Barney, Candida Höfer, Damián Ortega, Thomas Struth, Kenny Sharf estão presentes. Vá.

E para quem dispõe de tempo é bom aparecer a partir das 15 horas — de hoje a domingo — porque ali, sob a rotunda, acontecem espetáculos de música e dança do Festival do Folclore Brasileiro. Muito bom ver aquela criançada feliz acompanhando com os seus passinhos tímidos os ritmos da ciranda paratyana (que aconteceu ontem).

CCBB Rio, 2º andar, 30 de julho a 16 de setembro

foto: Candida Höfer, Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro

As Sete Maravilhas

Como todos já estão carecas de saber, o Cristo Redentor foi escolhido como uma das novas Sete Maravilhas do Mundo. Compartilham desta maravilhosidade outros ícones tais quais Machu Picchu, a Grande Muralha da China e o Palácio de Taj Mahal. Poucos sabem, entretanto, que o jornal OGlobo lançou outra campanha com o intuito de escolher, em votação pela internet, quais seriam as Sete Maravilhas do Rio. Entre as 30 belezas concorrentes encontram-se Búzios, o Teatro Municipal, os Arcos da Lapa, a Restinga da Marambaia, o Maracanã e o Pão de Açúcar. Mas o que ninguém sabia até hoje é que o Metroblog, imbuido de espírito pró-ativo e sempre na vanguarda sócio-cultural carioca, vem por meio deste post, lançar concurso para a eleição das Sete Maravilhas da Rua Voluntários da Pátria. Figuram já entre as candidatas: Casa Marluce – Aviamentos, Casa Regina, Gamelândia, Fechaduras Abre Fecha, Lanchonete Rosa de Ouro, Edifício Guilherme Romano, Feirinha de Teresópolis, Calçados Sapatella, Galeria Triangular, Bordados Na Hora e o PlastRei. A partir de hoje, então, declaro abertas as inscrições para candidatas às Sete Maravilhas da Rua Voluntários da Pátria. Participe!

Paraíso Tropical

Sábado à noite, indo pro churrasco ali em Botafogo, passei antes num boteco na Paulo Barreto pra comprar umas latinhas de cerveja e, já que tava ali mesmo, aproveitei pra beber uma garrafa. Pé-sujo minúsculo. Um atendendo e quatro outros no balcão, bebendo e falando merda. A novela rola na TV.
– Ah, imagine aí, os pais são brancos e vão adotar um neguinho, só em novela… Diz o balconista.
– Qual é o problema?
– O problema é que isso aí não existe! O pessoal só quer lourinho pra filho… eu sei o que estou dizendo, eu conheço a história… você já ouviu falar em Rômulo e Remo? Pois é. Eram dois moleques que comiam a mãe… comiam a própria mãe!
– Quê isso, rapaz? Tá confundindo as coisas, esses dois que você tá falando mamavam numa loba…
– Mamavam numa loba mas também comiam a mãe… eu sei… depois disso eles fundaram Roma.
– Ha-ha! Comeram a mãe, fundaram Roma e depois vieram trabalhar nesse botequim! Ha-ha-ha!
A conversa cessa de repente porque a Alessandra Negrini surge na tela interpretando a Paula ou a Taís, não sei. Silêncio absoluto. Todos, inclusive eu, assistimos à performance da mulher do Otto. Enquanto isso chega uma outra morena, menos famosa mas nem por isso menos bacana, que pede alguma coisa, duas ou três vezes, acenando com uma nota na mão, sem sucesso. Silêncio absoluto. Ela então sobe o tom de voz:
– Desculpem interromper a novela de vocês mas é que eu queria comprar um maço de cigarro.
Gargalhadas no botequim.

Desculpa

Prometo voltar a escrever, convidarei mais escritores para tal tarefa também.
Aliás, alguém quer escrever aqui? Manifestem-se!

Continuo odiando agosto, sonhando com uma casa própria na Urca, e fascinada por umas luas que quase me fazem bater o carro em pleno Aterro do Flamengo.
Daqui a pouco o inverno acaba.
O inferno.

São os outros?

Leila impossível

Se você acha que os nossos vereadores se contentam em apenas alterar nomes de ruas ou conceder títulos de cidadãos honorários, enganou-se redondamente. A criatividade deles é quase infinita. Dá uma olhadinha nos projetos de lei da onipresente Vereadora Leila do Flamengo:

. Projeto de Lei n.º 1245/2007: FICA INSTITUÍDO O DIA 10 DE JULHO COMO O DIA MUNICIPAL DO FRESCOBOL
. Projeto de Lei Nº 1562-A/2003: AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A IMPLANTAR O PROJETO “PARIS ESTÁ NA GLÓRIA”
. Projeto de Lei 1378/2003: AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CELEBRAR, ACORDO COM A UNIÃO, PARA QUE AERONAVES COMERCIAIS TOQUEM A MÚSICA DENOMINADA ” SAMBA DO AVIÃO “, DE AUTORIA DE ANTONIO CARLOS JOBIM, QUANDO ESTIVEREM SOBREVOANDO A CIDADE DO RIO DE JANEIRO
. Projeto de Lei 1709/2003: INSTITUI A SEMANA DO JOVEM NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
. Projeto de Lei 1998/2004: TOMBA O NOME DA AGREMIAÇÃO RECREATIVISTA ESCOLA DE SAMBA VIZINHA FALADEIRA

Parece brincadeira mas não é. Pode checar neste site para consultas aos projetos da Câmara Municipal. É só selecionar o nome dela e conferir.

Piedade

Pieta.jpgEram quase dez horas da noite de sexta-feira quando subiram à bordo do ônibus a mulher-estátua, o seu marido e a filha. A mulher-estátua sentou num banco ao lado com a filha. O marido da mulher-estátua sentou logo atrás delas. A mulher-estátua era uma nordestina de estatura baixa e trajava um vestido longo prateado que cobria quase todo o seu corpo prateado. Usava uma peruca prateada em tranças, sandálias também prateadas e parecia muito cansada. Os passageiros fingiram um certo descaso mas logo um cara sentado num banco próximo puxou assunto e perguntou se era fácil limpar aquela tinta. Ela disse que sim. Mas não ficam manchas? Não, sai tudo com água e sabão de côco, respondeu a mulher-estátua, um pouco constrangida. Eu que estava ali fazendo aquela cara de ‘tudo bem, por aqui tudo é normal, até andar de ônibus com estátua’ me animei e perguntei que tinta era aquela. Vicio da profissão. Glicerina com pigmento, respondeu sorrindo. Ah… legal. O marido da mulher-estátua me explicou que ela tinha saido do seu ponto e lá tinha deixado uma outra mulher-estátua, pois que se tratava de uma equipe de mulheres-estátuas, com turnos e pontos pré-estabelecidos. Ha-ha-ha… disse eu. Não perguntei sobre o faturamento por razões óbvias mas esta semana, coincidentemente, vi uma reportagem na TV em que um homem-estátua afirmava arrecadar a quantia de seis reais por dia. Já que estou numa fase matemática, vamos lá. Considerando um turno de seis dias de trabalho por semana isso dá um total de exatos 144 reais por mês. Brutos, sem considerar a grana do almoço e da passagem. É… Lá em Brasilia tem muita gente brincando de estátua, há um tempão, e olha que lá eles tão ganhando uma baba.

Cariocas do Rio

bipbip.jpgA redundância pleonástica é justificável por se tratar do nome de um bar localizado em Lisboa, Portugal. Há algum tempo, já, foi lançada uma edição Veja Lisboa que trouxe dicas de bares e lugares bacanas da capital da terrinha. Consta em reportagem na revista que um grupo de cariocas emigrou para Portugal e lá resolveram abrir o tal bar, no melhor estilo informal da Cidade Maravilhosa, em plena beira-Tejo. Foi considerado pelos jurados da revista o melhor espaço para namorar em Lisboa… Espreguiçadeiras, Jazz e Bossa Nova. A título de curiosidade — e, valha-me Deus, ainda bem que os preços por aqui são mais camaradas — anote aí alguns ítens do cardápio: folhado: € 14,00; bife de lombo com batata frita e salada: € 19,00; caipirinha: € 6,00; long neck Imperial: € 2,50; etc, etc. Considerando que o euro está valendo mais ou menos uns 2.60 do nosso fortalecido real, calcule aí quanto sai uma noitada dessas por lá… Tá com preguiça? Então eu ajudo. Suponha que você pediu uma caipirinha, três cervas e o tal folhado. Normal, sem exageros. Resultado da brincadeira (incluindo os 10%, que é quase norma internacional): R$ 78,65… Claro, tem o preço da passagem de avião também. Melhor ir pro Bip-Bip, em Copacabana, um lugar que está ’35 anos a serviço do porre e da amizade’.

foto

Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.