Malandragem universal ou turista é uma merda.

No Brasil o carioca é conhecido, entre outras, pela malandragem, o cara “exxxxperto”. Isso irrita muita gente de outros estados que chega para visitar a cidade maravilhosa.

Longe de ser uma especificidade local, vemos que até em países ditos desenvolvidos, de “primeiro mundo”, como Grécia, Itália e Espanha, a malícia e vontade de tirar vantagem em cima dos outros também é constante.

Circular pelas ruas mais visitadas de Atenas e Barcelona é um exercício de atenção. Seja a pé, de metrô, bondinho ou carro, tem que ficar ligado o tempo inteiro se não quiser ter seus pertences surripiados solenemente, com classe e discrição européia.

Na hora de pegar um táxi por lá, só para citar outro exemplo, prepare-se que você também pode pagar mais caro e ser enrolado, ainda mais se o idioma é grego. Difícil discutir.

Na verdade, onde tem turista, tem um bando de besta em potencial e alguém querendo se aproveitar, pouco importa o lugar do mapa.

Aí você pensa, “poxa, sou do Brasil, moro no Rio, tenho curso avançado nisso”. A malandragem é universal, mas os artifícios para exercê-la são diferentes.

Você pode até sair com cara de otário ou ser feito de idiota nessas viagens ao velho mundo. Pelo menos o europeu é mais pacífico na hora do roubo, ou melhor, furto. E muito provavelmente não vai apontar uma arma na sua cabeça. O que já é alguma coisa.

3 Comments so far

  1. Pedro (unregistered) on October 16th, 2007 @ 6:05 pm

    É uma espécie de taxa-turista (ou taxa-trouxa, sei lá).


  2. miminha (unregistered) on October 29th, 2007 @ 12:11 pm

    a carioquice generalizou-se,foi?


  3. inge (unregistered) on October 31st, 2007 @ 3:53 pm

    a malandragem não nasceu no rio, apenas pegou fama. malandro é universal, olhos abertos.



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.