Tim Festival: do preço ao caos

O Tim Festival esse ano no Rio de Janeiro vai ser cheio de fúria. E não estou falando de guitarras ou atrações da pesada, e sim do preço abusivo dos ingressos e do caos em que ele agora está inserido.

Vários amigos que vinham de outros estados para assistir aos shows no Rio, mudaram sua passagem para a Paulicéia e demais cidades que o evento acontece. Lá, diferente daqui, com um único ingresso (R$ 200,00), você confere às principais atrações: Hot Chip, Björk, Killers, Arctic Monkeys, Juliette and the Licks e várias outras. Na cidade maravilhosa você tem que desenbolsar até R$180,00, para apenas duas delas. Um abuso.

Ok, apesar disso, vários palcos estão com ingressos esgotados. Confesso que mesmo revoltada não resisti e adquiri minha entrada para ver a cantora islandesa estilosa, até porque, pago meia, mas deixei de comprar outros palcos, como fiz nos anos anteriores.

Outro problema. O horário de alguns shows de hoje está impossível, ainda mais agora que o Rebouças fechou para balanço. Sexta-feira já se costuma ter trânsito complicado. Se chover, piorou. E sem o túnel, socorro! Como chegar ao show do Antony and the Johnson marcado para às 20h da noite na Marina da Glória se você trabalha e tem Botafogo no meio do caminho? Ficou mais caro ainda, hein? É torcer para que as performances compensem tanto dispêndio.

2 Comments so far

  1. miminha (unregistered) on October 29th, 2007 @ 12:21 pm

    é uma pena q no Rio tenha sido assim.O show de Björk compensou?


  2. Inge (unregistered) on October 31st, 2007 @ 3:50 pm

    Um dos motivos pelo qual fui a sampa foi exatamente ver as minhas ídolas bjork e juliette. num ingresso único. uma pena mesmo. adoraria ter ido ao rio, mas, felizmente, encontrei uma cambada de amigos pernambucanos e os shows foram FENOMENAIS. emocionantes e inesquecíveis. bjs



Terms of use | Privacy Policy | Content: Creative Commons | Site and Design © 2009 | Metroblogging ® and Metblogs ® are registered trademarks of Bode Media, Inc.